Negão Comendo a Patroa Coroa

  • Fetiche: Negão Comendo a Patroa Coroa;

  • Personagens: Negão e a Patroa Morena;

  • Características:

    • Negro,

    • 1,76 metros de altura,

    • 75 Kg,

    • Cabelos raspados,

    • 34 anos,

    • Morena,

    • Cabelos Castanhos,

    • Seios Pequenos,

    • Cintura Fina,

    • Bumbum Grande,

    • Bunda Arrebitada,

    • Tesão de Mulher;

Sou negro tenho 1,76 , 75kg , cabelos maquina 1.

Me acho bem bonito, modéstia parte.

Eu trabalhava em um escritório de contabilidade há 6 anos e minha patroa era uma senhora de 34 anos, morena, cabelos castanhos, seios pequenos, cintura fina, bumbum grande e arrebitado. Um tesão de mulher, sempre perfumada muito bem vestida atraia muitos olhares por onde passava. Tinha dois filhos e era muito bem casada.

Eu sempre senti um forte desejo por ela me masturbava quase todos os dias pensando em comer aquela coroa.

Um dia ficamos nós dois trabalhando até mais tarde, terminamos muito antes do previsto dai então ficamos batendo uma papo.

Conversa vai conversa vem ela me disse que me achava muito sexy que sempre achou negros muito bonitos, coisa e tal.

Bem, eu trabalhava lá há seis anos e já possuía uma grande intimidade para com ela, mas nunca disse nada a respeito disso.

Entretanto, nesse dia resolvi não mais esconder a atração que eu sentia por ela e disse:

Sempre lhe achei muito bonita e acho que você tem um corpo muito bonito .

Ela disse sorrindo:

Obrigada!

Eu não resisti e dei lhe um beijo e ficamos nos beijando por muito tempo.

Bom nesse dia parou por ai ela foi embora em seu carro, eu peguei um ônibus e fui para casa.

Passado-se alguns dias ela me pediu para esperar um pouco antes de ir embora pois gostaria de me disse algumas coisas.

Eu fique morrendo de medo, pois pensei que ela fosse me demitir.

Fui até sua sala e ela me pediu que fechasse a porta.

Ela sem disse nada, me beijou e disse que só pensou em mim durante aqueles dias.

Tirei a sua roupa bem devagarinho, pois eu não queria acabar com aquele momento.

Chupei seus seios , mordisquei seu ventre, retirei sua calcinha vagarosamente e chupei sua boceta até que ela gozou em minha boca e ela dizia:

Ai meu negão , isso fode a boceta da sua patroa com a língua isso

Meu tesão estava insuportável, minha barriga estava queimando, arrepios na espinha. Um tesão que até então eu nunca sentira antes.

Ela então tirou minha roupa, chupou meu pinto com tamanha maestria que aumentou mais ainda o tesão.

Ela então deitou-se na mesa e eu a possuí, penetrei sua vagina, mas não aguentei por muito tempo e enchi sua boceta de porra ela gritava:

Isso , Isso me enche de porra!!

Descansamos um pouco, mais o tesão era demais.

Meu pau duro como aço não resistiu mais uma vez. Aquela bunda maravilhosa na qual eu sempre batia varias punhetas estava ali empinada só esperando eu socar meu pau.

Penetrei novamente sua boceta com ela rebolando no meu e me chamando de cachorro. Ela gritava

Fode , isso acaba comigo seu cachorro:

Eu não aguentando mais retirei meu pau e coloquei na porta do seu cú.

Ela então disse com a voz mais sexy do mundo:

Devagar tá…come meu cú meu príncipe negro!

Comecei a comer sua bunda. Logo em seguida comecei a gozar dentro do seu cú.

Fodemos ainda por mais algumas vezes.

Mas infelizmente com esta recessão econômica o escritório fechou. Então, fiquei sem emprego e perdemos o contando.

Mas se alguma coroa, mulheres experientes lerem este relato me escrevam.

Ccomo eu disse no começo Sou negro tenho 1,76 , 75kg , cabelos maquina 1 e sou bem-dotado. Adoro coroas. [email protected]




Nenhum comentário


Você pode deixar o primeiro : )



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Humano? * Tempo limite excedido