cinema (2)


No Cinema com Meu Irmão

Esta é uma história verídica, que aconteceu entre meu irmão e eu, quando éramos adolescentes. Lembro-me como se fosse hoje, e aí me vêm sensações indescritíveis de prazer, e, muitas vezes, quando relembro o acontecido, chego até a tocar uma siririca e gozo intensamente. Hoje estou com 38 anos, sou casada, tenho um filho, e muitas vezes relembro o fato que passarei a narrar mesmo quando estou deitada na cama, ao lado de meu marido. Nunca contei a ninguém o que se passou entre meu irmão eu naquela tarde, há cerca de vinte e cinco anos. Mas, vamos aos fatos.
Tinha eu, Luísa (este é o meu verdadeiro nome), cerca de treze para quatorze anos, era uma garota meio acima do peso, meio “gordinha”, como diziam, mas com seios pequenos e uma bunda bem proporcional.




Parte 3: Felipe e Sabrina: No Cinema

Acordo com os primeiros raios de sol da manhã tocando meu rosto,parece um começo de dia como outro qualquer,porém algo está diferente.

Tem alguém deitado ao meu lado,é a Sabrina! Ela dorme nua com um sorriso no rosto,apenas coberta da cintura para baixo com um lençol.

Eu fico alguns minutos vigiando o sono dela, lembrando da noite passada quando nos encontramos no shopping e viemos pra minha casa.