mãe (3)


Família Sem Preconceitos – Parte I

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Reddit
  • Fetiche: Observando mãe e pai transando;

  • Personagens: Lucia (Mãe), Pai, Ana (Filha);

  • Características:

    • Seios fartos,

    • Anca grande,

    • Bunda enorme;

Me chamo Ana, hoje tenho 37 anos, sou casada e o que vou contar se passou há exatamente 22 anos e faz parte da minha juventude.

Acreditem que tudo que vi e ouvi naqueles tempos me tornou o que sou hoje. Uma pessoa aberta ao sexo e que sabe aproveita-lo ao máximo.

A principal razão disso tudo não poderia deixar de ser minha mãe: Lucia.

Na época ela já tinha seus quarenta e cinco anos, era uma mulher robusta, de seios fartos e ancas grandes ( para não dizer uma enorme bunda ).

Se ela era motivo de olhares cobiçosos na época eu não fazia ideia e nem tão pouco como aproveitava seu corpo e deixava que outros se aproveitassem dele.

Ela e meu pai eram casados e para mim parecia que formavam um casal feliz. ( o porque eu descobri bem depois) sou filha única e lembro-me como tudo começou.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Reddit



Minha Mãe e o Desconhecido do Mercado

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Reddit
  • Fetiche: Mãe com Amigos;

  • Personagem: Mãe, Claudio;

  • Características

    • Coroa,

    • 45 anos,

    • Moreno,

    • Pele Clara,

    • Corpo em Forma;

 

Depois do divorcio dos meus pais, fiquei morando com minha mãe, meus pais tinham um relacionamento aberto eram bem liberais e no começo ela não gostou da ideia de eu continuar trazendo amigos para sair com ela. Mas, depois do primeiro passou gostar e começamos a receber quase todos os finais de semana.

Conhecemos o Claudio no Pão de Açúcar da Rua Serra de Bragança no Tatuapé.

O safado não tirava os olhos da minha mãe e a coroa provocava, seguiu a minha mãe pelos corredores por um bom tempo até que eu como bom filho “corno” fui falar com ele.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Reddit



Fantasiando-se de Mãe

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Reddit

Meus amores eu estava cada vez mais safada ao lado de meu jovem macho Michel.
Ao chegarmos a pousada no litoral norte de São Paulo por volta de uma 13:30, enquanto eu fazia o check in na recepção, Michel trazia nossas malas, e foi nesse momento que aconteceu um fato que mudaria nosso final de semana.
Ao chegar ao balcão da recepção eu já estava prestes a falar que Michel era meu namorado para a mocinha da recepção, porém antes que eu falasse a mocinha falou “É seu filho”, “Vocês vão ficar no mesmo quarto?”, antes que eu disse se não Michel falou, “Vamos né MÃE!”.
Apesar de ser totalmente possível eu com 30 anos ser mãe de um rapaz com 16, eu não queria ter esse papel de mãe com filho adolescente, e sim o da mulher com o namorado jovem, além do mais nunca tive a tara de fazer algo nesse sentido.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Reddit